O glúten pode estar presente onde você nem imagina

O glúten pode estar presente onde você nem imagina

Quem precisa seguir uma dieta isenta de glúten, deve ficar atento à presença da proteína também em outros tipos de produtos, como os cosméticos e até mesmo alguns brinquedos infantis e outros materiais escolares.

Você sabia que algumas marcas de massinhas de modelar, por exemplo, contêm glúten por possuírem carboidratos de cereal (como farinha de trigo) em sua composição? Além do “cheirinho” característico, que atrai a curiosidade das crianças, por ser atóxica, a massinha de modelar não costuma gerar suspeitas por parte dos pais ou professores.
“Como as crianças podem colocar a massinha de modelar na boca ou ingerir resíduos que tenham ficado sob as unhas, é importante ter massinhas à base de cera e guardá-las em potes tampados e separados das que possam conter glúten”, explica a Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil (FENACELBRA).
Contaminação no ambiente escolar
Além de massinhas de modelar, outros materiais escolares podem ser responsáveis por contaminar quem precisa excluir o glúten da rotina.

Article7055_Kind mit Kreide im Gesicht.jpg

  • Giz: alguns tipos de giz de lousa podem conter trigo em sua mistura. Para evitar possíveis casos de contaminação, recomenda-se alertar e orientar as crianças para que utilizem luvas ou que lavem as mãos logo após o uso.
  • Balões de látex coloridos: o talco branco colocado na parte interna de balões de látex também pode conter a proteína. O pó é utilizado para impedir que as paredes internas dos balões grudem e rasguem. É importante explicar isso para crianças com sensibilidade ou outras doenças relacionadas ao glúten, para que elas não tentem encher os balões sozinhas.
  • Cola branca: crianças podem tentar usar a boca para ajudar a abrir as colas escolares líquidas e isso pode ser perigoso caso sejam celíacas, intolerantes ou se possuírem sensibilidade ao glúten. Nesse caso, recomenda-se usar uma cola bastão.
  • Tinta facial: é comum que escolas promovam atividades durante datas comemorativas como o Dia do Índio, Páscoa, Dia do Soldado ou Dia das Crianças, e a pintura corporal é uma das ideias que mais cativa os alunos. Para eventos como esse, é importante que os pais preparem um kit com tintas corporais sem glúten.

Para garantir a segurança das crianças e jovens que possuam alguma sensibilidade ao glúten, os pais devem estar presentes junto às escolas e atuar na conscientização dos riscos. Sempre que houver datas e atividades que possam envolver materiais que contenham glúten, oriente a coordenação e professores sobre a forma mais segura de incluir as crianças, sem colocá-las em risco.

Para ajudar nesta tarefa, confira a seguir, uma receita caseira para fazer uma massinha de modelar macia e sem glúten:

Ingredientes:

  • 1 xícara de bicarbonato
  • 1/2 xícara de amido de milho
  • 2/3 xícara de água morna
  • Corante vegetal, tinta guache ou suco em pó

Como fazer: misture o bicarbonato e o amido de milho numa panela. Acrescente a água e misture novamente. Ferver até obter a consistência de um purê. Depois, deixe esfriar, amasse e acrescente o corante escolhido (Fonte Consultada: Riosemgluten).

Maquiagem sem glúten: fique linda sem riscos à saúde

Article7055_Frau schminkt sich.jpg

Mas os riscos além da alimentação não são exclusivos das crianças. Você sabia que até mesmo produtos de higiene ou cosméticos podem conter glúten? Alguns produtos de beleza podem possuir substâncias como trigo e aveia e desencadear uma reação em quem é celíaco. Por isso, lembre-se sempre de conferir os rótulos com cuidado ao selecionar pós, bases, batons e até mesmo shampoos e cremes.

A gastroenterologista Lorete Kotze, conta que as maquiagens ainda são um assunto polêmico, pois não há comprovação científica para o risco. Porém a médica destaca que tudo o que entra em contato com o corpo, é absorvido pela pele e mesmo em proporções menores pode gerar alguma reação. “Eu já vi casos em que a paciente usou um shampoo com aveia e teve uma reação no couro cabeludo", contou Lorete em entrevista à revista Glamour. Para ter riscos de contaminação, basta que a presença de glúten no produto esteja em quantidade superior a 20 ppms. O valor é o equivalente a colocar uma gota de glúten (cerca de 50 miligramas) em 2 litros de um produto ou alimento.

Adriana Ferrari Fiorini, lojista de Jundiaí, chegou a sofrer contaminação desta forma. Diagnosticada há seis anos com doença celíaca, ela revela que levou dois anos para descobrir que estava sendo contaminada por glúten devido ao uso de maquiagens e de outros produtos de higiene: “Eu me contaminei por diversas vezes até aprender, porque (a contaminação) não é só pela alimentação. Parte das maquiagens, produtos de higiene pessoal, cremes, shampoos, produtos de limpeza... várias coisas contêm glúten e você se contamina sem saber”, alerta Adriana.

Até mesmo a ração dos animais domésticos, como cães e gatos, também pode ser uma fonte de riscos. Por isso, o ideal é que seja substituída por ração ou alimentação sem glúten. Afinal, os animais podem comer e depois lamber crianças e donos, podendo contaminar quem é celíaco.

Fique sempre atento, e se mantenha informado sobre o assunto. A informação é a melhor solução para garantir a sua saúde e bem-estar!

Curta o facebook da Schär, e fique ligado nas nossas dicas e informações sobre alimentação sem glúten.

Riscos ocultos: de olho nos cosméticos

Article7055_Frau kratzt sich im Gesicht.jpg

Vale ressaltar que no Brasil não há uma legislação específica sobre como incluir os ingredientes nos cosméticos. Por isso, muitas empresas utilizam outros idiomas e há até mesmo quem não abra alguns dos ingredientes da fórmula.

Lembre-se de estar muito atento a cada sintoma, em especial casos de coceiras, queimação na pele ou pequenas bolhas. Elas podem ser sinais de dermatite herpetiforme, uma doença de pele que pode ser desencadeada pela presença do glúten. Observe atentamente rótulos e procure sempre orientação médica.

Para ajudar nesta busca pela segurança, preparamos abaixo um box com os vários termos técnicos que podem sugerir a presença de glúten em um cosmético. Lembre-se: o glúten é uma proteína presente em cinco ingredientes: trigo, aveia (por contaminação cruzada no cultivo com trigo), centeio, cevada e seu derivado, o malte. Esta proteína pode aparecer em fórmulas para o tratamento do corpo, do rosto, dos lábios e dos cabelos, como shampoos, sabonetes, condicionadores, pasta de dente, cremes hidratantes e maquiagens.

Cuide ao verificar os seguintes termos:
Trigo: Triticumvulgare ou Wheat
Aveia: Oat ou Avena sativa
Centeio: Rye ou Secale cereale
Cevada: Barley ou Hordeum vulgare

Alguns exemplos aplicados

Derivados de trigo
Amp-Isostearoyl Hydrolyzed Wheat Protein;
Dextrin Palmitate;
Disodium Wheatgermamido Peg-2; Sulfosuccinate;
Hydrolyzed Malt Extract;
Hydrolyzed Wheat Gluten;
Hydrolyzed Wheat Protein;
Hydrolyzed Wheat Protein Pg-Propyl; Silanetriol;
Hydrolyzed Wheat Starch;
Hydrolyzed Wheat Flour;
Hydrolyzed Wheat Protein/Pvp Crosspolymer;
Hydroxypropyltrimonium Hydrolyzed Wheat Protein;
Hydrolyzed Wheat Protein;
Stearyldimoniumhydroxypropyl;
Secale Cereale (Rye) Seed Flour;
Triticum Vulgare (Wheat) Flour Lipids;
Triticum Vulgare (Wheat) Germ Extract;
Triticum Vulgare (Wheat) Germ Oil;
Triticum Vulgare (Wheat) Gluten;
Triticum Vulgare (Wheat) Starch;
Vitamin E Derived From Wheat Germ Oil;
Wheat Amino Acids;
Wheat Bran Extract;
Wheat Germ Extract;
Wheat Germ Glycerides;
Wheat Germ Oil;
Wheat Germamidopropyldimonium Hydroxypropyl;
Wheat (Triticum Vulgare) Bran Extract;
Wheat Germamidopropalkonium Chloride Wheat Protein;
Wheat Germamidopropyl Ethyldimonium Ethosulfate Yeast Extract.

Derivados de aveia (caso não certificada):
Avena Sativa (Oat) Kernel Flour;
Avena Sativa (Oat) Kernel Protein;
Hydrolyzed Oat Flour;
Oat Amino Acids;
Oat (Avena Sativa) Extract;
Oat Beta Glucanoat Extract;
Oat Floursodium Lauroyl;
Savena Sativa (Oat) Flour.

Derivados de cevada
Barley Extract;
Barley Lipids;
Hordeum Vulgare (Barley) Extract;
Phytosphingosine Extract;
Samino Peptide Complex;
Secale Cereale (Rye) Seed Flour;
Stimu-Tex.