Alimentação sem glúten para crianças viajando sozinhas

Alimentação sem glúten para crianças viajando sozinhas

Viagens escolares, cursos de línguas no estrangeiro, acampamentos...

Chegará o dia em que o seu filho terá de viajar sozinho pela primeira vez. Se esse momento for bem preparado, será motivo para adquirir autoconfiança e ajudá-lo a crescer, especialmente no caso de crianças celíacas. É imprescindível fazer um bom planejamento para que a viagem do seu filho seja o mais agradável possível. Estes são os dez conselhos mais importantes reunidos pela Schär: 

10 conselhos sem glúten para crianças que viajam sozinhas

Article7080_Mutter und Tochter am Laptop 2.jpg

  • Combinar com a criança o plano de refeições e as provisões alimentares; preparar uma lista
  • Entrar em contato com os monitores, acompanhantes e outras pessoas a cargo da criança, de dia e à noite
  • Preparar listas claras (o que é permitido/proibido, números de telefone importantes, etc.)
  • Guardar em sacos separados doses aproximadas de alimentos; se possível, embalagens menores para cada dia
  • Pesquisar na Internet o ponto de venda mais próximo de alimentos sem glúten; da Schär, por exemplo
  • Para estadias mais prolongadas: preparar uma lista de compras
  • Pesquisar no local de destino restaurantes, pizzarias e sorveterias que ofereçam refeições sem glúten (GlutenfreeRoads)
  • Preparar pequenos cartões com pedidos para a cozinha
  • Acrescente lanches e guloseimas em quantidades suficientes para "matar a fome" e pensando também nos amigos. As crianças gostam de compartilhar
  •   mportante: não junte pão para torrar. Há risco de contaminação.